11 de set de 2011

As Alianças de Deus com o Homem

Fiquei algum tempo sem postar pois estava com um novo projeto que será mostrado logo aqui no blog. Agora vamos ao que interessa

Por Richard Mayhue
Deus explicitamente realizou seis alianças distintas com promessa: 1) a aliança Noaica (Gn 6.18; 9.8-17); 2) a Aliança Abraãmica (Gn 15.1-21; 17.1-22; 26.2-5, 24; 28.13-17); 3) a Aliança Mosaica (Êx 19, 20, 24); 4) a Aliança Sacerdotal (Nm 25.10-13); 5) a Aliança Davídica (2 Sm 7.12-16); 6) a Nova Aliança (Jr 31.31-34). Cinco são incondicionais e eternas, e uma, a Mosaica, é condicional e temporária.

             A palavra “aliança”, um acordo que une duas partes, aparece pela primeira vez na narrativa da Aliança Noaica (Gn 6.18; 9.8-17). Deus unilateralmente entrou em aliança com Noé, antes do dilúvio, para preservar a raça humana e os animais da extinção total (Gn 6.18) e, depois do dilúvio, para oferecer à humanidade a promessa de que não mais destruiria a humanidade e toda a terra com outro dilúvio. Esta aliança, embora não seja mencionada no Novo Testamento, é incondicional e eterna; é simbolizada pelo arco-íris (Gn 9.12-17). Na Aliança Noaica, a graça comum é misericordiosa e compassivamente estendida a toda raça humana.
                Deus fez a sagrada Aliança Abraâmica (Gn 15) com Abraão, Isaque e Jacó. Os termos são definidos e reafirmados pelo menos oito vezes no Antigo Testamento. O sinal da Aliança Abraãmica era a circuncisão. Esta aliança prometia: 1) descendência física (uma grande nação); 2) descendência espiritual; 3) um salvador (Gn 15.5; Jo 8.56); 4) benção e proteção pessoal; 5) bênçãos e maldições sobre as nações, com base em seu tratamento aos descendentes de Abraão (Gn 12.3).
                A Aliança Mosaica foi celebrada no monte Sinai (Êx 19, 20) com a recém-formada nação de Israel (Êx 19.8; 24.3-7; 34.27). As ordenanças e os rituais se estendiam apenas pelo período de operação da aliança. O resultado infeliz desta aliança estritamente legal foi a contínua rebelião de Israel. Em última análise, no entanto, a justiça buscada nesta aliança é cumprida pela obra salvadora de Jesus Cristo na Nova Aliança, uma aliança de fé.
                O sacerdócio levitico/araônico original, que foi objeto de uma aliança condicional com deus como parte da Aliança Mosaica, permaneceria apenas pelo período de operação da aliança. No entanto, o sacerdócio assumiu novas dimensões de duração e direção como uma Aliança Sacerdotal perpétua por causa da valorosa lealdade de Finéias a Deus (Nm 25).
                Deus prometeu a Davi que um de seus descendentes reinaria sobre Israel e sobre o mundo. Essa Aliança Davídica é tanto incondicional quanto eterna. Jesus Cristo é a semente davídica específica que deus planejou entronizar para um governo terreno futuro sobre Israel e as nações durante o Reino Milenar (Mt 1.1,20; Lc 1.69; At 2.30; 13.33-36; Rm 1.3).
                A Nova Aliança, que é incondicional, cumpre as condições redentivas contempladas pela antiga Aliança Mosaica, que era condicional. Originalmente prometida a Israel (Jr 32; Ez 11,36), esta aliança concedia salvação aos gentios por meio de Cristo, os crentes recebem: 1) graça (Hb 10.29); 2) paz (Is 54.10; Ez 34.25; 37.26) 3) o espírito de Deus (Is 59.21); 4) Redenção (Is 49.8; Jr 31.34; Hb 10.19,20); 5) remoção de pecado (Jr 31.34; Rm 11.27; Hb10.17); 6) novo coração (Jr 31.33; Hb 8.10; 10.16)(; 7) novo relacionamento com Deus (Jr 31.33; Ez 16.62; 37.26,27; Hb 8.10).

2 comentários:

gospeltube disse...

Amém, sou grato a Deus pela aliança que ele tem conosco. Vamos valorizar isso.

Me tornei seu seguidor, e convido você para conhecer nosso blog que foi criado recentemente. Lá você encontrará diariamente os melhores vídeos evangélicos da internet.

Deus te abençoe!

Gabriel Andujar disse...

Obrigado por seguir meu blog, fico muito grato!

Com certeza vou acessar seu blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Navegar com qualidade?

Firefox